Piscicultura: O que é? E como ter uma produção?

Piscicultura significa “cultivo dos peixes”, ou seja, é um dos ramos da aquicultura, que desenvolve o cultivo de peixes e outros organismos aquáticos. É a criação racional de peixes, pode ser a criação de alevinos, produção de carne/pescado ou para fins ornamentais.



Onde Surgiu?


A piscicultura é uma prática realizada há mais de 6 mil anos e tem suas origens na China e no Egito.

Mas somente a partir de 1980, começaram a ser realizados mais investimentos em projetos comerciais e a diminuição do cultivo da pesca extrativista. A criação de peixes consiste em técnicas e procedimentos que permitem impulsionar e controlar a reprodução de peixes e de outros animais aquáticos, ela movimenta a economia mundial, gera empregos e leva alimento de qualidade para os consumidores.




Como obter sua produção?


Antes de iniciar sua produção, é necessário que haja um planejamento para que seja possível conseguir bons resultados. Nele você deve avaliar:

- As normas regulamentadoras da sua região.

- Custos de implantação.

- Custos de produção.

- Fazer o Cálculo de análise econômica.

- Comercialização.

- Transporte.




Infraestrutura


A escolha do local a ser desenvolvido o projeto é essencial para o sucesso da produção de

sua escolha.

A qualidade da infraestrutura e os fatores

biológicos são primordiais, você deve

observar quantidade e qualidade da água,

solo, topografia do terreno e os fatores climáticos de sua região. É possível ter sua piscicultura em lugares como tanques de redes, lagos artificiais, represas, lagos, tanques comuns, barragens ou viveiros.



Espécies


A escolha das espécies que irão ser cultivadas irá variar de acordo com a sua infraestrutura e a demanda do mercado. A espécie deve apresentar características ideais de crescimento, conversão alimentar, reprodução e resistência, além de que, as características de aparência, paladar e textura devem agradar ao consumidor final. Algumas espécies indicadas são: pacus, tilápias, carpas capim, carpas colorida, dourados, lambaris, piaçus, entre outras. Lembrando que, cada região tem sua característica, então a alimentação e preferência dos consumidores pode variar, por isso, é importante traçar o perfil de consumidor que quer atingir desde o inicio do planejamento do projeto.


Cuidados


- Análise da água é a forma mais eficiente de medir a sua qualidade, nela é medida a temperatura e transparência, oxigênio, pH, amônia, nitrito, dureza e alcalinidade.

- Característica das espécies: Hábitos alimentares, adaptação ao clima, comportamento.

- Alimentação: fases iniciais – alevinos e juvenis – têm necessidades alimentares diferentes de peixes na fase final de engorda.

- Medidas de biosseguridade.


 

Quer ingressar no mercado de Piscicultura. Aqui na ProZoo podemos lhe ajudar prestando consultoria técnica e melhorando sua produção!


Contrate já nossos serviços! Agende sua reunião com nossa equipe!


 













1 visualização0 comentário