ANIMAIS SILVESTRES E A PANDEMIA

Nos últimos 10 mil anos os animais foram sendo domesticados pelos humanos para uso em fazendas, como animais de companhia ou até mesmo para transporte, mas essa domesticação propiciou a passagem de várias zoonoses para a população humana, seguida da introdução de animais entre os continentes com o primeiro grande surto de globalização há cerca de 500 anos.


 

Cerca de 75% das doenças infecciosas emergentes são provenientes de animais silvestres ou domésticos, incluindo pandemias, como a Covid-19 que vivenciamos nos dias de hoje. Este percentual vem aumentando significativamente nas últimas décadas devido à ação humana, com intervenções que levam ao desequilíbrio da fauna e flora do planeta.


O comércio ilegal de vida silvestre é hoje um dos principais fatores que promovem a perda de biodiversidade no mundo.


Com a pandemia do novo corona vírus, a presença da fauna em ruas e rodovias se intensificou, também em áreas urbanas, devido ao isolamento social e a menor quantidade de veículos em circulação. Cerca de 475 milhões de animais silvestres morrem nas rodovias por ano, isto é, aproximadamente 17 óbitos por segundo e 1,3 milhão dia.


Um dos processos mais preocupantes é a caça e o comércio ilegal de vida silvestre para venda da carne sem a mínima fiscalização sanitária. Apenas nos últimos 40 anos, houve uma redução, em média, de 60% das populações dos animais silvestres monitorados no mundo.



As consequências dessa perda de biodiversidade vão além do aumento do risco de novas pandemias originadas de zoonoses. Incluem o risco de quebra de safras de alimentos devido a surtos de pragas e doenças das plantas; a menor capacidade de promover adaptação à mudança climática, inclusive na agricultura por redução na disponibilidade de recursos genéticos; a perda de serviços ecossistêmicos associados à biodiversidade; a redução na oferta de recursos hídricos associado à perda de florestas, o que afeta a produção de energia hidrelétrica, o abastecimento urbano e a irrigação nas plantações.


 

Gostou desse post? Em nossas outras mídias tem mais conteúdo sobre fauna silvestre!









12 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo