Manejo Inicial de Frangos de Corte

Atualizado: 27 de abr. de 2021

O manejo de frango de corte se inicia antes mesmo da chegada dos animais, com a limpeza e desinfecção do aviário. O manejo inicial é determinante para a viabilidade dos lotes e bom desempenho final, essa é a fase mais importante do ciclo da ave, pois é nesse momento que os animais devem atingir um crescimento máximo para não interferir no produto final.



Alguns pontos importantes no manejo das aves são:

  • Temperatura e Umidade

  • Água e ração a vontade

  • Qualidade do ar

  • Iluminação




TEMPERATURA E UMIDADE


No momento do alojamento o galpão já deve estar pré-aquecido. Se isso não ocorrer pode acabar causando a morte dos animais durante as próximas horas, pois os pintinhos não conseguem regular sua temperatura corporal. Aos que conseguem sobreviver, a ingestão de ração e água são afetadas, pois o animal irá disponibilizar suas energias para manutenção da temperatura corporal.

Isso, pode acabar prejudicando o ganho de peso desses animais, não somente nas próximas horas mas em todo o ciclo de vida. Por isso, o controle de temperatura deve ganhar uma maior atenção durante os 7 dias de vida do animal. Obviamente, as outras semanas também são importantes, mas não demandam tanta atenção e cuidado como na primeira semana.




ÁGUA E RAÇÃO A VONTADE


Para se garantir um ganho de peso e uma conversão alimentar com bom retorno econômico, deve-se disponibilizar o mais rápido possível água e ração a vontade e de boa qualidade. Caso haja restrição o sistema imunológico dos pintinhos pode ser afetado pela falta de nutrientes.

A ração deve atender as necessidades nutricionais dos animais em cada fase de vida, sendo proibida a utilização de rações de crescimento e final para animais de 7 dias. A água deve ser de boa qualidade e com a vazão correta para cada semana.

Vale ressaltar aqui que a altura dos comedouros e bebedouros devem estar adequados para cada fase do processo de criação.



QUALIDADE DO AR


Galpões convencionais faz-se necessário a realização do manejo das cortinas, já galpões climatizados utilizam os sistema de ventilação mínima controlado por exaustores ou "inlets". O mesmo é feito de acordo com a temperatura, umidade, qualidade do ar e idade das aves.

A qualidade do ar é muito importante para o correto desenvolvimento das aves na fase inicial. Além disso, qualidade do ar e sensação térmica possuem uma relação importante na presença de problemas sanitários, principalmente doenças de origem respiratória. É indicado que se tenha uma boa circulação de oxigênio para evitar o excesso de amônia dentro do galpão.



ILUMINAÇÃO


O controle de iluminação tem o objetivo de manter as aves ativas e que se alimentem durante todo o dia, permitindo um rápido crescimento. Deve-se priorizar também um período de escuro para as aves, pois além do descanso fisiológico, a melatonina, hormônio responsável pela regulação do ciclo do dia e da noite, também tem função imunológica. O controle de iluminação é diferenciado a cada fase de vida do animal.

Matéria produzida por, Isabella de Camargo Dias.


Esse conteúdo te ajudou? Deixe um comentário!

100 visualizações0 comentário